Creative Commons License
Todos os Textos do Blog de Deijivan Hanavan são licenciados sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-No Derivative Works 3.0 Brasil

NÃO DEIXE A DEMOCRACIA MORRER!

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

É emblemático a escolha do Largo de São Francisco, onde abriga a Faculdade de Direito da USP no centro de São Paulo, como o local para lançamento do "Manifesto em defesa da democracia" na quarta-feira, dia 22 de Setembro, pelo Jurista e fundador do PT Hélio Bicudo e demais personalidades, como o Bispo Católico Dom Paulo Evaristo Arns, Celso Lafer, Miguel Reale Júnior ( filho do jurista Miguel Reale, que participou da Revolução de 32 ), Maílson da Nóbrega, Ferreira Gullar, Carlos Vereza, Everaldo Maciel, Haroldo Costa, Terezinha Sodré, Mauro Mendonça, Regina Meyer, Jacob Kligerman, Ana Maria Tornaghi, Cláudio Botelho, Alice Tamborindeguy, Maristela, Martha Maria e Jussarah Kubitschek, entre outros.

Foi neste mesmo local que há 78 anos, em 10 de Julho de 1932, um dia após o início da famosa "Revolução de 32", que foi erguido um posto de alistamento militar para a formação do Batalhão Universitário, o qual foi enviado para lutar na fronteira do Paraná. Um mês depois, em 10 de agosto de 1932, o Largo de São Francisco foi transformado na primeira sede da organização civil MMDC, movimento criado no dia 24 de maio daquele ano, um dia após a manifestação na Praça da Sé que resultou na morte de quatro estudantes e cuja sigla remete aos seus nomes (Martins, Miragaia, Dráusio e Camargo). Este mesmo MMDC que, entre outras atividades, oferecia treinamento militar, foi o carro-chefe da "Revolução de 32".

Além de políticos e militares, a "Revolução Constitucionalista de 32" - movimento armado ocorrido no Estado de São Paulo, entre os meses de julho e outubro de 1932, que tinha por objetivo a derrubada do Governo Provisório de Getúlio Vargas e a promulgação de uma nova Constituição para país - foi marcada pela ação de voluntários, que em grande parte pertenciam à Faculdade de Direito do Largo de São Francisco.

Hoje, podemos vislumbrar a importancia destes hérois no "Monumento-Mausoléu ao Soldado Constitucionalista de 1932", também conhecido como "Obelisco do Ibirapuera", que é uma homenagem aos constitucionalistas provenientes do Largo de São Francisco. Entre as diversas faces do monumento, se encontra uma cripta, cuja entrada possui três arcos que remetem às arcadas do Largo, e que acima possuem a seguinte inscrição : "Viveram pouco para morrer bem, morreram jovens para viver sempre".

Destaco aqui uma frase do jurista Miguel Reale, que na época cursava o segundo ano da Faculdade de Direito e ingressou em um dos batalhões acadêmicos, o Batalhão Ibrahim Nobre, combatendo no sul do Estado de São Paulo:

"Era, então, estudante do 2º ano do curso de bacharelado da Faculdade de Direito do Largo de São Francisco, ainda instituto federal, o mesmo fundado por D. Pedro I, em 1827, conjuntamente com o de Olinda, depois transferido para o Recife.
Em confronto com a pletora atual de alunos matriculados em dezenas de instituições, formávamos um reduzido grupo de jovens congregados no único estabelecimento existente destinado ao estudo do Direito. A rigor, não se tratava de uma Casa que só cuidasse de Jurisprudência, pois, ainda não havendo universidades com ensino de Filosofia, Letras, Economia, ou Sociologia, era a única opção para quem tivesse vocação para o cultivo de ciências humanas e sociais.

Era natural que, em tal ambiente, ao lado de idéias jurídicas, fervilhassem debates sobre os grandes problemas da civilização, em todos os domínios do espírito, indo os jovens muito além das preleções dos professores catedráticos, - não raro apegados à letra dos códigos e das sentenças dos tribunais."

Diante disso, gostaria de saber onde está o nobre espírito de luta contra as injustiças e demais problemas sociais, tão comum aos jovens estudantes, principalmente os universitários, que por muitas vezes não se calaram diante das diversas situações históricas de abuso desmedido do poder público. Só sei que não podemos contar com a UNE - União Nacional  dos Estudantes - a principal entidade estudantil brasileira, que representa os estudantes do ensino superior, pois lamentavelmente esta entidade está oficialmente ao lado do PT e dos seus inumeros escândalos.

A prova cabal foi a adesão da UNE, junto com o MST, centrais sindicais e os partidos PT, PC do B, PDT e PSB, ao "Manifesto Contra o Golpismo Midiático", um manifesto aberto contra a imprensa que ocorreu na última sexta-feira, dia 22 de Setembro, dois dias após o lançamento do "Manifesto em defesa da democracia".

O mais alarmante deste fato é que ele ocorreu na sede do Sindicato dos Jornalistas de São Paulo e teve apoio de algumas dezenas de jornalistas que não gostam do "excesso" de liberdade de expressão que revistas como a "Veja" e jornais como a "Folha de S. Paulo" e "O Estado de S. Paulo" possuem.

Há meses venho sentindo no ar o cheiro podre da Censura. Se você procurar nos posts do meu blog verá que já escrevi sobre isto algumas vezes.

Quem me conhece sabe que não gosto nem um pouco de qualquer tipo de censura. Vivi os últimos anos deste flagelo social que assolou o Brasil por mais de 30 anos e trago lembranças desagradáveis da manipulação infantilizadora que havia nos meios de comunicação, em especial na imprensa.

Agora, às vésperas dos meus 40 anos de idade e com um filho com 16, volto a sentir a fétida brisa da antidemocracia, numa lufada que vem dos corredores do Planalto e se espalha vertiginosamente pelo país, adentrando as redações de jornais, os camarins das emissoras de TV, as salas refrigeradas dos provedores da internet e, mais perigosamente, o aconchego dos nossos lares.

Não quero isso novamente e não quero que meu filho conheça este lado ruím da nossa história! E o pior é saber que isto está acontecendo pelas mãos daqueles que um dia ousaram lutar contra esta mesma situação! E pior que isto é saber que a maioria da nossa população se mantém afogada num imenso mar de ignorância e que, infelizmente, poderá levar às urnas esta ignorância como companheira, votando de forma errada e ajudando o Brasil a se afundar ainda mais! É lamentável, triste e desalentador necessitarmos, em pleno fim da primeira década do século XXI, de um “Manifesto em defesa da Democracia”.



PARA LER, REFLETIR E COMPARTILHAR


A seguir, publico a integra do “Manifesto em defesa da Democracia”, que você também pode assinar clicando aqui:


Manifesto em defesa da democracia


"Em uma democracia, nenhum dos Poderes é soberano. Soberana é a Constituição, pois é ela quem dá corpo e alma à soberania do povo.

Acima dos políticos estão as instituições, pilares do regime democrático. Hoje, no Brasil, os inconformados com a democracia representativa se organizam no governo para solapar o regime democrático.

É intolerável assistir ao uso de órgãos do Estado como extensão de um partido político, máquina de violação de sigilos e de agressão a direitos individuais.

É inaceitável que a militância partidária tenha convertido os órgãos da administração direta, empresas estatais e fundos de pensão em centros de produção de dossiês contra adversários políticos.

É lamentável que o Presidente esconda no governo que vemos o governo que não vemos, no qual as relações de compadrio e da fisiologia, quando não escandalosamente familiares, arbitram os altos interesses do país, negando-se a qualquer controle.

É inconcebível que uma das mais importantes democracias do mundo seja assombrada por uma forma de autoritarismo hipócrita, que, na certeza da impunidade, já não se preocupa mais nem mesmo em fingir honestidade.

É constrangedor que o Presidente da República não entenda que o seu cargo deve ser exercido em sua plenitude nas vinte e quatro horas do dia. Não há “depois do expediente” para um Chefe de Estado.

É constrangedor também que ele não tenha a compostura de separar o homem de Estado do homem de partido, pondo-se a aviltar os seus adversários políticos com linguagem inaceitável, incompatível com o decoro do cargo, numa manifestação escancarada de abuso de poder político e de uso da máquina oficial em favor de uma candidatura.

Ele não vê no “outro” um adversário que deve ser vencido segundo regras da Democracia , mas um inimigo que tem de ser eliminado.

É aviltante que o governo estimule e financie a ação de grupos que pedem abertamente restrições à liberdade de imprensa, propondo mecanismos autoritários de submissão de jornalistas e empresas de comunicação às determinações de um partido político e de seus interesses.

É repugnante que essa mesma máquina oficial de publicidade tenha sido mobilizada para reescrever a História, procurando desmerecer o trabalho de brasileiros e brasileiras que construíram as bases da estabilidade econômica e política, com o fim da inflação, a democratização do crédito, a expansão da telefonia e outras transformações que tantos benefícios trouxeram ao nosso povo.

É um insulto à República que o Poder Legislativo seja tratado como mera extensão do Executivo, explicitando o intento de encabrestar o Senado. É um escárnio que o mesmo Presidente lamente publicamente o fato de ter de se submeter às decisões do Poder Judiciário.

Cumpre-nos, pois, combater essa visão regressiva do processo político, que supõe que o poder conquistado nas urnas ou a popularidade de um líder lhe conferem licença para rasgar a Constituição e as leis.

Propomos uma firme mobilização em favor de sua preservação, repudiando a ação daqueles que hoje usam de subterfúgios para solapá-las. É preciso brecar essa marcha para o autoritarismo.

Brasileiros erguem sua voz em defesa da Constituição, das instituições e da legalidade.

Não precisamos de soberanos com pretensões paternas, mas de democratas convicto
s".

14 comentários:

Anônimo 27 de setembro de 2010 18:39  

DESDE QUE O PT ENTROU PARA O GOVERNO,ESTE PAÍS
ESTÁ CADA VEZ SE DISTANCIANDO DA DEMOCRACIA.
ESTE PT, DEVAGAR ESTÁ DEIXANDO A NOSSA LIBERDADE CADA VEZ MAIS DISTANTE.
SEGUINDO EXEMPLO DA VENEZUELA,O TEMPO VAI MOSTRAR MUITA COISA PELA FRENTE.
QUE DEUS NOS AJUDE ! ! !

Deijivan 28 de setembro de 2010 01:51  

Aqui ao lado, na Argentina, temos um outro terrível exemplo de tentativa de controle da imprensa:

http://www.abert.org.br/site/index.php?/Todas-Noticias/reacao-internacional-contra-ataques-do-governo-argentino-a-imprensa-daquele-pais.html

Venezuela, Bolívia, Argentina e Brasil são hermanos nessa degradante escalada contra a liberdade de expressão e a favor do autoritarismo desenfreado!

Anônimo 28 de setembro de 2010 19:47  

SE A DILMA GANHAR , O BRASIL VAI PRO SACO.
ESPEREM................! ! !

Anônimo 4 de outubro de 2010 19:51  

O SERRA É O NOSSO PRESIDENTE

Deijivan 5 de outubro de 2010 02:35  

Pois é, a "onda verde" da Marina nos impediu de termos uma surpresa desagradável e nos levou para um 2ºTurno. Tanto Dilma como Serra já ligaram pra Maraina na tarde desta segunda-feira, o day-after quase fatal!

A Marina declarou que só daqui a 15 dias vai se posicionar em relação ao apoio que dará no 2º Turno. A opção agora é o Serra!

Quem quiser saber em quem votei, pode assistir o vídeo que fiz com o meu celular enquanto eu estava votando na urna eletrônica:

http://www.youtube.com/watch?v=9teSKc5hXJM&feature=youtu.be&a

E aproveito para informar que o meu filhão, que está com 16 anos de idade, iniciou neste domingo o seu Blog, que tem uma temática semelhante ao meu. Quem quiser pode conferir:

BLOG DO DEIJIVAN JR.
http://blogdodeijivanjr.blogspot.com

Mulher na Polícia 11 de outubro de 2010 15:45  

Olha...

O blog do filho do Deijivan.
Deijivanzinho!

Vou lá.
Beijos!

Deijivan 12 de outubro de 2010 04:48  

Valeu minha querida!
Dê uma olhada lá, pois o garoto promete!!!
Beijão!!!

Mulher na Polícia 12 de outubro de 2010 15:58  

Meu caro...

Tanto já vi como já coloquei aquela frase do palhaço lá no blog com link do blog dele e tudo. ficou 10!

: )

Anônimo 14 de outubro de 2010 14:21  

Amigo, a maior burrice que o Maroni fez foi fechar o blog a comentários de anônimos... Havia tantos comentários inteligentes e engraçados, que compensavam em muito os mais insossos... Agora os comentários parecem que se resumiram aos seus, do Erly e da doidadosenado.com... Que pena. Eu me diverti muito lá.
Quanto a seu blog, está muito bom. Venho aqui absorver as informações e depois digeri-las; são muitas e são consistentes, precisa-se (eu pelo menos preciso) de algum tempo para refletir a respeito delas. Continue postando e informando.
Valeu.
Anonimildo da Silva Jr.

Deijivan 15 de outubro de 2010 02:39  

Muito obrigado pelos elogios, meu caro!
Quanto ao blog do Maroni, confesso que não sabia dessa mudança, que como vc disse, realmente foi muito ruim!

É uma pena! Não gosto de censurar nada e, se o Maroni não tava gostando dos comentários, cabia a ele particpar mais e não deixar espaço para comentários sem relação com os posts. Afinal, acredito que ele esteja com mais tempo ocioso do que eu! Não custaria nada entrar diariamente no blog e responder a todos. Mas, fazer o que, né?

O meu blog vai continuar aberto a todos, assim como o novo blog do meu filho:

http://blogdodeijivanjr.blogspot.com

Apareça por lá também! Tenho certeza que vai gostar dos textos dele, que embora sejam mais curtos, possuem a mesma linha incisiva que procuro dar aos meus textos.

Vou sentir saudades dos comentários anonimos do blog do Maroni! No meio de toda a maluquice que rolava lá, havia uma certa lógica causuística e um inegável humor!

Apareça mais vezes, amigo! Após o segundo turno vou publicar um novo texto, ok?
Abraços!

Anônimo 16 de outubro de 2010 08:53  

Já estou indo ao blog do seu herdeiro, que terá com maior legado, seu grande talento para escrever...
Suas postagens são muitíssimo interessantes e informativas; vale a pena vir com tempo para absorver, assimilar, e digerir tantas informações de grande valia.
Quanto aos blogs que usam desse artifício de censura, vejo-os se empobrecerem cada vez mais. No Blog do nosso amigo Maroni havia outros internautas que valorizavam sobremaneira o seu blog; havia um, em especial, que criava personagens diverso(a)s, mas todo(a)s esse(a)s com algumas características em comum, próprias de um criador de grande gabarito e talento. Suspeito até que as Bibas de Pirituba fossem criação dele... Visitantes iguais a você e ele eram o que justificava a existência do blog e minhas visitas por lá; aprendi muito com vocês (só não aprendi mais porque não sou nenhuma capacidade, mas conteúdo para aprendizagem, vocês deixaram por lá)...
Abraços.
Ex-freqüentador do Blog do Maroni

Anônimo 16 de outubro de 2010 14:05  

Pssei lá, mas não há como o pessoal de fora, os anônimos iguais a mim, postar comentários; então terei de deixar aqui mesmo o que eu postaria no blog do Deijivar Jr. É o jeito...

Anônimo 16 de outubro de 2010 14:07  

Vejo que a herdou a lucidez e o talento de amigo Deijivan. Concordo com o que disse, e quanto à frase comparando o governo ao galinheiro foi bem colocada (e engraçada).
Abraços.

Deijivan 16 de outubro de 2010 23:21  

Valeu amigo!
Já informei meu filho sobre a questão dos comentários e ele me disse que vai mudar a configuração do blog para que seja aceito também comentários anônimos, ok? Segundo ele me disse, não sabia ainda como funcionava esta configuração!
Abraços!

Postar um comentário

O que você tem a dizer sobre este assunto?

  ©Designe by Deijivan Productions.

TOPO